SOBRE O LIVRO

O livro “Repensar o Brasil”, organizado pelo economista Luiz Fernando de Paula, o geógrafo Elias Jabbour e pelo historiador Jhonatan Almada tem por objetivo abrir o debate sobre desenvolvimento do Brasil, às vésperas do Bicentenário da Independência.

Os organizadores, inspirados em Ignácio Rangel, ilustre economista maranhense nascido em Mirador em 1914 e falecido no Rio de Janeiro em 1994, situam o debate na relação intrínseca e necessária entre economia, política e história, tal articulação caracteriza os capítulos reunidos e fundamenta sua contribuição intelectual.

Intelectuais de relevo contribuem com o livro, a exemplo de Luiz Carlos Bresser-Pereira, Jessé Souza, Luiz Gonzaga Belluzzo, Pedro Paulo Zahluth Bastos, Miguel Bruno, Fabiano Santos, Rafael Moura, Rossini Corrêa, Daniela M. Prates, Barbara Fritz, Armen Mamigonian, Lena Lavinas, Denise Gentil, Carlos José Espíndola e Roberto César Cunha.

Carlos Siqueira, presidente do Partido Socialista Brasileiro-PSB escreve no Prefácio que o livro é “um profundo e circunstanciado escrutínio da realidade brasileira, com destaque particular para os fundamentos socioeconômicos da crise multidimensional que assola o país − seguramente a mais grave do período democrático iniciado em 1985”.

O economista Paulo Gala na sua Apresentação diz que “trata-se de um livro fundamental a quem se ocupa em encontrar soluções aos impasses brasileiros”, pois “o Brasil precisa voltar a ser uma economia que aprenda”.

O Centro de Inovação e Conhecimento para a Excelência em Políticas Públicas-CIEP e a Associação Brasileira de Economistas pela Democracia-ABED estão juntos no projeto de publicação, divulgação e disseminação do livro “Repensar o Brasil”.

Acesse o livro aqui.