A Semana do Economista 2018 atraiu dezenas de estudantes e economistas em Imperatriz. Com ampla participação do público, o destaque na segunda noite do evento na maior cidade da região Sul do Maranhão, ficou com o sorteio de livros para os acadêmicos de Economia doados pela Faculdade Santa Terezinha (Fest) e pelo Conselho de Economia do Maranhão (Corecon-MA), realizador da Semana.

O gerente estadual do IBGE, Marcelo Melo, falou do processo de avanço histórico na produção de estatísticas econômicas e destacou o pioneirismo maranhense em assinar convênio para utilização dos dados das notas fiscais eletrônicas para construção de estatísticas.

Ele ressaltou que a parceria com o governo do Maranhão e o IMESC vai garantir um grande avanço qualitativo de informações econômicas para o planejamento público e privado.

Sistema Integrado de Informações

O conselheiro federal do Maranhão no Cofecon e presidente do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), Felipe de Holanda, destacou a necessidade do sistema de informações para o planejamento.

Felipe de Holanda ressaltou a parceria do Imesc com o IBGE e a construção pioneira de um sistema integrado de informações para o planejamento alicerçado em registros administrativos, com destaque para os dados da nota fiscal eletrônica.

Na ocasião o conselheiro anunciou que assumiu a presidência da Associação Nacional das Instituições de Planejamento, Pesquisa e Estatística (Anipes).

A programação da Semana do Economista 2018 se estende até esta sexta-feira (17), com programação em São Luís.